Laser Alexandrite - Primeira Experiência

setembro 27, 2016 Sofia Ferreira 1 Comments


Olá!!
Quem faz a depilação, sabe que esta é um processo desgastante, demorado e doloroso (Se usarem cera ou máquina, como eu). Pior, se, como eu, por razões hormonais têm hisurtismo (excesso de pêlos) ou pele muito sensível, que faz com que algumas zonas só possam ser depiladas com gilete. Há anos que digo a mim mesma que vou fazer depilação definitiva mas há sempre aquele evento na vida inesperado e outras coisas aparecem pelo caminho e só quando nos aproximamos do Verão é que me lembro. Mas este ano decidi, de uma vez por todas, iniciar este processo. 
Vou esclarecer desde já que esta é a minha opinião honesta e que sou eu, melhor, os meus pais que me estão a pagar as sessões.
Primeiro um bocadinho sobre o meu historial com pêlos. Eu tenho hisurtismo secundário a ovários poliquísticos. A coisa está mais controlada desde que comecei a tomar a pílula. Antes de entrar na faculdade, tinha uma esteticista de confiança e fazia a depilação a cera, excepto nas axilas, zona em que o único método que posso usar é a gilete. Com cera a depilação durava cerca de 3 semanas. Se fizer a depilação com gilete, tenho de a fazer duas vezes por semana.


Dicas para uma Depilação Perfeita!
Fonte

Que método escolhi?
Eu escolhi fazer com o Laser Alexandrite, porque diversas pesquisas dizem que é o melhor método e conheço várias pessoas que obtiveram resultados excelentes. Dentro dos locais onde realizam as sessões, a Clínica do Pêlo era a que se encontrava mais próxima de mim. Novamente pesquisei a empresa na internet e a maioria das opiniões que li foram muito positivas.

A minha primeira sessão
Na primeira sessão há uma pequena explicação sobre o crescimento do pêlo e a forma de atuação do laser. A técnica preenche um formulário com diversas questões, desde problemas de saúde a medicação. Após este processo, ela diz-nos se estamos ou não aptos para realizar as sessões. Podemos aproveitar este momento para tirar todas as questões que tivermos.
De seguida, passamos para a sessão propriamente dita. É um processo relativamente rápido. Eu estou a fazer perna completa+virilha+axila+buço e todas esas zonas demoram menos de 1 hora.
Uma das questões que tive na altura era saber se doía ou não. A técnica explicou-me que era algo que dependia de pessoa para pessoa e do tipo e grossura do pêlo. Locais onde o pêlo é mais grosso dói mais, mas por 2 ou 3 minutos é tolerável, principalmente quando pensamos nos resultados a longo prazo.
A mim doeu ligeiramente no buço e na meia perna, mas nas axilas e, principalmente virilhas, doeu mais. Por isso, essas são as zonas que são feitas primeiro.
No fim, é aplicado um gel de aloe-vera e é aconselhado colocar protector solar na face.

Cuidados principais
- não apliquem nenhum produto nas zonas a tratar no dia da sessão
- para cada sessão devem levar um protector solar convosco, para aplicarem depois da sessão, para proteger das radiações solares. De resto não precisam de mais nada
- é normal haver alguma vermelhidão nas zonas tratadas 1 hora a 2 dias depois da sessão. Por isso, é necessário aplicar o gel de aloé-vera (que podem comprar na clínica ou noutra loja de beleza) durante os primeiros 5 dias duas vezes por dia;
- o ideal é evitar a exposição solar, daí que seja mais aconselhado iniciar as sessões a seguir ao Verão, para prevenir a hiperpigmentação ou escurecimento da pele. Nas zonas expostas (como por exemplo, a face) é mandatório a utilização de protector solar com índice SPF 50+
- o único método depilatório entre sessões é gilete ou creme depilatório. Nada de cera, pinças ou descolorantes, para não agredit a pele e deixá-la arranhada
- dois dias antes da sessão deve-se rapar as zonas tratadas cm gilete ou creme, EXCEPTO a face e as coxas, que são zonas mais hormonais. Se raparem essas zonas, há a grande probabilidade de crescerem mais pêlos
- se aparecerem bolhas, contactem a clínica

Resultados
É a parte mais importante não é? Pois bem.. Eu fiquei extremamente impressionada com os resultados. Tinha ideia que as pessoas notavam a diferença, mas não estava à espera que fosse tão marcante. Eu fiz a minha sessão há cerca de 3 semanas. Desde aí nunca mais fiz a depilação nas axilas. Os poucos pêlos que crescem caem durante o banho e praticamente não se notam. Nas pernass só esta semana é que passei a gilete e mesmo assim eram poucos pêlos.
Estou extremamente satisfeita e até ansiosa para saber como serão os resultados no futuro.

Espero que tenham gostado deste post, deixem nos comentários se tiverem alguma dúvida ou mais opiniões/experiências com depilação definitiva
Até à próxima
xoxo

1 comentário:

  1. Depilação definitiva é uma coisa que já ando para fazer há algum tempo.
    Obrigada por me esclareceres algumas coisas.
    Um beijinho*

    BLOG | FACEBOOK | INSTAGRAM

    ResponderEliminar