quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Budapeste - House of Terror


Olá!!
Os próximos dias vão ser todos dedicados a Budapeste. Finalmente consegui finalizar a edição de todas as minhas fotos, o que significa depois de postar tudo o que falta, vou ter o meu guia vou chamá-lo assim) da cidade.

Já falei em posts anteriores acerca da história do século XX, particularmente aquela que diz respeito à 2ª Guerra Mundial e à perseguição dos Judeus. Já todos sabemos o que aconteceu neste negro período da história. Mas se há parte que raramente é lembrada e que muitas vezes ignorada, é a que diz respeito à ocupação soviética de 1945 a 1991. 
A Hungria ainda tem muitas marcas deste período. Arquitectonicamente falando, existem construções, das quais eu destaco a linha de metro número 3, que têm traços desta época. Acho que a própria personalidade dos húngaros, fechada, não dada a estranhos e taciturna  está relacionada com isto.
Existe um espaço na avenida Andrássy que é dedicado a estes acontecimentos que é o museu House of Terrors, antigo quartel da polícia secreta comunista, que é um dos museus mais importantes da História, a nível mundial

Resultado de imagem para House of Terror
Fonte
O museu contem várias exibições relacionadas com os regimes fascistas e comunistas e serve também como memorial das vitima deste regime, que goram detidas, interrogadas, torturadas ou mortas neste edifício. Sim. Leram bem. Porque no piso inferior encontramos várias celas e até mesmo a forca que foi usada.
Uma das coisas que, na minha opinião, aumenta o valor desde museu é o facto de em cada sala encontramos não só adereços da época, como utensílios e uniformes, mas também vídeos da altura e testemunhos daqueles que passaram por este contorbado período da história. Os relatos dos familiares de pessoas que desaparecram são particularmente tristes e é muito difícil conter as lágrimas neste espaço.
De facto, a melhor palavra que consigo arranjar para descrever aquilo que senti enquanto percorria os corredores deste museu é Choque. Não bastava a Hungria ter perdido quase 40% da sua população, ainda sofreu com a invasão soviética, durante décadas.

File:T-54, House of Terror, Budapest.jpg
Fonte
É mais um sítio que, para mim, é de passagem obrigatória, pois é uma excelente forma de prestarem homenagem a todos os que sofreram os horrores da história do séc.XX. O preço do bilhete varia entre os 500 Ft e os 2000 Ft (têm descontos se tiverem menos de 26 anos ou mais de 62). O museu funciona entre as 10h da manhã e as 17h:30 da tarde, está fechado às sgundas-feiras e tem um período anual que encerra para manutenção. Mas podem consultar mais informações aqui.

xoxo

2 comentários:

  1. Essa casa já acabou de entrar para minha lista de "lugares para ir antes de morrer" fiquei impressionada de saber que existe um lugar assim, eu sou apaixonada por história e amei esse post!
    Amei seu blog! Estou seguindo!
    Beijos, Gi.
    Blog About Girls

    ResponderEliminar